Início Notícia Governo repassa crédito de R$ 220 milhões para agricultura familiar

Governo repassa crédito de R$ 220 milhões para agricultura familiar

O contrato poderá prever o recolhimento, pela empresa prestadora do serviço, de remuneração a ser cobrada das instituições consignatárias.

A estimativa é de que 27 mil agricultores familiares de todo o país sejam beneficiados e mais de 1,8 mil entidades recebam os alimentos – Foto: Ministério da Cidadania


OGoverno Federal quer garantir a renda de agricultores familiares e ao mesmo tempo levar comida a famílias em situação de vulnerabilidade social, diante dos efeitos econômicos do novo coronavírus. Por isso, o Ministério da Cidadania repassou R$ 220 milhões para a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O termo de descentralização dos recursos foi publicado no Diário Oficial da União, da terça-feira (26). 

Os recursos são voltados para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que possui duas finalidades básicas: promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. A estimativa é de que 27 mil agricultores familiares de todo o País sejam beneficiados e mais de 1,8 mil entidades recebam os alimentos.

Os alimentos adquiridos serão doados a entidades da rede socioassistencial, a equipamentos públicos de alimentação, como restaurantes populares e Bancos de Alimentos, além da rede pública de saúde e educação. 

“O PAA permite a comercialização de mais de três mil itens alimentares produzidos pela agricultura familiar, garantindo o escoamento dessa produção e a garantia de renda aos produtores”, afirma a diretora substituta do Departamento de Compras Públicas da Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural do Ministério da Cidadania, Elisângela Sanches.

A execução será feita por meio da modalidade Compra com Doação Simultânea. Ou seja, as cooperativas e associações elaboram um projeto com as variedades e quantidades de seus produtos e apresentam à Conab. Se aprovado, recebem o recurso para a compra dos alimentos e depois fazem a distribuição para as entidades.

Medida Provisória

Os recursos extraordinários foram garantidos por meio da Medida Provisória 957/2020, publicada em 27 de abril e assinada pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Na ocasião, foi aberto um crédito extraordinário no valor de R$ 500 milhões em favor do Ministério da Cidadania para ações de segurança alimentar e nutricional, no âmbito do enfrentamento ao novo coronavírus.

Com informações do Ministério da Cidadania

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Must Read

Governo repassa crédito de R$ 220 milhões para agricultura familiar

https://www.gov.br/pt-br/noticias/agricultura-e-pecuaria/2020/05/governo-repassa-credito-de-r-220-milhoes-para-agricultura-familiar/cidadania.jpeg/@@images/251f7d9b-2e5a-424c-9639-11971b96e65a.jpeg

Universidade Tecnológica do Paraná desenvolve respirador de baixo custo

Grupo de Ponta Grossa apresenta o protótipo desenvolvido. - Foto: UTFPR

Secretário de Fazenda admite prorrogação de auxílio, mas no valor de R$ 200 Fonte: Agência Senado

O secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues Júnior, admitiu nesta quinta-feira (28) a possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial, pago a trabalhadores...

Com a benção do Papa, a Igreja Católica discute a “diabólica” inteligência artificial

Documento do Vaticano detalha como a inteligência artificial deveria ser regulada e conta com o apoio de...

Chuva forte deixa ao menos nove mortos na Baixada Santista; seis pessoas continuam desaparecidas

As chuvas que atingem a região da Baixada Santista desde a segunda-feira (2) já provocaram ao menos nove óbitos nas cidades de...

Selecione uma estação Wind